Blog da Ju

Minha experiência profissional me mostrou que para fotografar precisamos dar ouvidos a todos os nossos sentidos.

As melhores imagens são capturadas quando o fotógrafo se torna apenas o instrumento. O melhor fotógrafo é o fotógrafo invisível e a melhor câmera é a que não é perceptível a quem é retratado. Embora estática, só a fotografia nos permite revelar o que vai pela alma a partir de uma expressão, de um brilho nos olhos, da luz, das nuances, das cores e das sombras. Ao fotografar prefiro a luz natural, a espontaneidade, a escolha criteriosa do cenário. Tenho uma preferência especial em fotografar crianças, famílias e casais. Com a fotografia consigo registar as histórias e a vida através de imagens.

Ensaio Henrique - 12 meses

Quanta pureza encontramos nas crianças!!! Para os pequenos, o mundo está sendo apresentado aos poucos. Por isso, proporcionar experiências que estimulem a curiosidade e instiguem novas descobertas faz toda a diferença, em seu desenvolvimento. O sol tocando a pele, as texturas das folhas da grama, o vento batendo nos cabelinhos, a liberdade de estar num lugar em que possam correr livres...e só brincar, brincar e brincar! É assim que crescem os pequenos por mim fotografados. Olhares atentos como os de Henrique, que desbrava a fronteira da imaginação, em um mundo cheio de novidades e, dentro deste, encontra a felicidade!